Educação

Esportes e Lazer
17 de agosto de 2016
Saúde
17 de agosto de 2016

Educação

Propostas de Ação para Educação

1. Eliminar o déficit de vagas na educação de 0 a 5 anos, atendendo plenamente a atual demanda.

2. Implantar o programa Rede de Desenvolvimento e Educação, articulando universidades e centros universitários para que criem projetos de pesquisa em nível de pós-graduação, com apoio das empresas, a serem desenvolvidos por professores da rede municipal de ensino junto às suas comunidades, possibilitando a elaboração de propostas para suas demandas e potencialidades locais.

3. Construir Centros Integrados de Educação e Lazer como espaços de convivência e desenvolvimento de programas educativos, socioculturais e de lazer.

4. Efetivar a adesão ao Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do governo federal, seguindo as 28 diretrizes pautadas em resultados de avaliação de qualidade e de rendimento dos estudantes, criando o ciclo de nove anos no Ensino Fundamental.

5. Estabelecer um padrão de qualidade na rede municipal de educação, de forma a garantir o bom atendimento a todos os alunos, sem restrição.

6. Reestruturar a proposta pedagógica voltada ao atendimento de jovens e adultos, organizando um currículo voltado ao mundo do trabalho e que considere as diversidades, especialmente quanto às questões de gênero, raça e geração, incluindo lazer e cultura no processo educacional.

7. Manter a oferta de vagas na rede municipal de ensino, com critérios de acesso democrático e transparente, promovendo a permanência dos alunos e desenvolvendo esforços pela ampliação gradual da oferta.

8. Aperfeiçoar a rede de ensino fundamental do município.

9. Aprimorar os programas de alfabetização de jovens e adultos.

10. Implantar programas do governo federal, como Brasil Alfabetizado e Pro Jovem, de modo que esses dialoguem com os novos programas da EJA Municipal.

11. Aprimorar a política de entrega dos uniformes e materiais escolares, assegurando sua qualidade e prazos de entrega.

12. Aprimorar o transporte escolar para os alunos da rede municipal.

13. Promover o conhecimento científico, humanístico, artístico, tecnológico e o desenvolvimento de valores éticos.

14. Considerar a informática e as novas linguagens de comunicação, juntamente com a formação permanente e a valorização dos educadores, a reorientação curricular e os métodos de avaliação como aspectos indissociáveis do processo educacional.

15. Reorganizar as orientações para a construção do Plano Político Pedagógico, de modo que ele contemple as necessidades, especificidades e decisões das escolas.

16. Potencializar o papel da escola nas campanhas educativas sobre temáticas de segurança, do meio ambiente, de saúde, de trânsito e outras.

17. Reestruturar as ações para execução dos convênios, aprimorando o acompanhamento, a supervisão e qualificando a parceria com as entidades filantrópicas que atendem crianças de 0 a 5 anos.

18. Enfrentar os fatores de evasão escolar, especialmente dos alunos jovens e adultos.

19. Elaborar e implementar um plano de manutenção para os equipamentos da rede de educação, pensando num espaço que respeite as necessidades do brincar, de fantasiar e produzir conhecimento e pesquisa.

20. Adotar como fio condutor os princípios da Educação Inclusiva, Democrática e Solidária em todos os níveis e modalidades de ensino.

21. Aprimorar a formação permanente dos educadores, com troca de experiências entre eles.

22. Criar canais de comunicação e assegurar a execução de programas de elevação de escolaridade para os educadores. Consolidar a capacitação dos educadores na utilização da informática e de outras linguagens de comunicação.

23. Garantir a inclusão das crianças com deficiência, assegurando acessibilidade, equipamentos e formação para os profissionais da rede municipal de ensino.

24. Implantar Programa de Educação para o Mundo do Trabalho, dirigido aos adolescentes com idade entre 14 e 17 anos.

25. Estabelecer parcerias com as entidades sindicais nos Centros de Educação do Trabalhador, possibilitando o aumento da oferta de cursos.

26. Fortalecer a relação entre ensino, pesquisa e extensão nas instituições de 3º grau do município, tendo presentes as necessidades do desenvolvimento local e regional.